Relatório Rodada de Conversa Vale do Caxixe

 

RELATÓRIO

 

      AÇÕES ELABORADAS DURANTE A RODA DE CONVERSA VALE DO CAXIXE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

          

           Data: 25/07/2017

           Local: Casarão da Fazenda do Centro

           Participação:

           Instituto Frei Manuel Simón

           Secretaria de Estado da Cultura-SECULT

           Secretaria do Estado de Turismo-SETUR

           SEBRAE

           CESAN

           BANDES

           AGERH

           SENAC

           APES

          Prefeito Municipal de Castelo

          Vice Prefeito Municipal de Castelo

          Vereadores de Castelo

          SEMAG

          SEME

          SEMTURC

          Conselho Municipal de Cultura, Turismo e Meio Ambiente

          SICOOB

          Empresa Agroplant

          Empresários de Castelo

          Associação de moradores do Campestre

          Associação de moradores do Forno Grande

          Escola Municipal Frei Juan Echávarri Asiain

          Lavradores da região

          Artesãos da região

          Comerciantes da região

          Historiador de Castelo

·          Realização da primeira reunião da Comissão Rota do Vale do Caxixe;         

·        Solicitação  do Prefeito Municipal ao senhor Marcelo Zagoto para

encaminhar ao Conselho Municipal de Turismo a solicitação de repasse no valor de R$ 45.000,00 – (quarenta e cinco mil reais) ao Fundo de Cultura para concessão ao Instituto Frei Manuel Simón;

·        Criação de um fundo municipal, através de lei, para apoio ao Casarão da Fazenda do Centro, sendo o secretário Carlos Alfonso do Val Claure o defensor para o referido assunto, junto à Câmara Municipal de Castelo;

·        Manutenção predial do Casarão pela Prefeitura Municipal de Castelo;

·         Melhoria das estradas do Vale do Caxixe;

·        Elaboração de Planejamento Estratégico com metodologia e facilitador para o Plano de Ação, em parceria com o SEBRAE;

·        Continuidade dos eventos, no Casarão, fazendo giro de capital, durante o ano todo;

·        Funcionários para a conservação e limpeza do Casarão;                    

·        Visibilidade dos pontos turísticos e culturais do Município pesa SECULT e outros órgãos;

·        Remoção da professora e artista plástica, Edivânia Fioreze Cancian, à disposição do Centro Cultural Fazenda do Centro, com ônus para o município de Castelo; 

·        Apoio à pesquisa das Missões do Monte Castello e estudos paleontológico em ruínas, próximas ao Casarão, que poderão potencializar  ainda mais o turismo local;

·        Estrutura mais eficaz para realização de  eventos como: casamentos e outras festas, em ambientes históricos e bucólicos que, atualmente, são tendência mundial;

·        Parceria com o Instituto Casa D` Itália  ( Vitória – ES – Presidente Cilmar Franceschetto), principalmente, para distribuição de boletos a sócios do Instituto Frei Manuel Simón; 

·        Construção de galpão para colonos da Fazenda do Centro para que possam desocupar três patrimônios de grande valor para o Sítio Histórico Regional (a antiga estação ferroviária e fundados por Frei Juan Echávarri Asiain o Estádio Bariri e a  primeira Cooperativa Agrária Mista de Castelo);

·        Instalação de energia solar;

·        Contato com a secretária Simone Modolo (articulação com operadoras de turismo) vinculando toda a região do Vale e outras;

·        Contato com o Banco do Brasil (apoio ao Instituto Frei Manuel Simón para realização de oficinas);

·        Fortalecimento da marca do Instituto Frei Manuel Simón;

·        Solenizar o Plano Estratégico para a comunidade local ;

         ·        Mobilização para a criação do Circuito Histórico (Gruta, Casarão, Forno Grande…), divulgando o                  contexto Histórico, Turístico e de Agroindústria da região;

         ·        Compromisso de prever política pública para aumentar os recursos destinados ao Instituto Frei                  Manuel Simón;

         ·        Articulação com a  Empresa EDP para possibilidade de transferir a energia do Casarão para a função          rural garantindo redução de custo;

         ·        Reabertura, pela Prefeitura Municipal de Castelo, da estrada que dá acesso à histórica Nascente                  Água Sinhá, Fazenda do Centro, para que os trabalhos de preservação possam prosseguir, em parceria              com a CESAN através da contratada AGROPLANT;

         ·        Instalação de atrativos, no entorno do Casarão;

         ·        Implantação de trilhas , caminhadas ecológicas e placas facilitadoras de acesso aos locais da                      região;

         ·        Preservação ambiental, principalmente, de nascentes e matas ciliares;

         ·        Envolvimento da Escola e Igreja da Comunidade local, nas ações a serem desenvolvidas;

         ·        Articulação com o SICOOB para possíveis parcerias.