Clique pra ampliar

 

       Erguido em 1845 pelo major Antônio Machado Vieira da Cunha , como sede da fazenda, chegou a ter aproximadamente 600 escravos que produziam café, arroz e outros gêneros agrícolas além de uma pequena extração de ouro. Ponto de encontro, local de festas e reuniões, no início do século XX, foi adquirido pela Ordem dos Agostinianos Recoletos, cujo mentor era o frei Manuel Simon.

Atualmente o Casarão da Fazenda do Centro, que faz parte do Conjunto Arquitetônico tombado pelo Conselho Estadual de Cultura no ano de 1984. Hoje restaurado, é  administrado pelo Instituto Frei Manuel Simon.

HISTÓRIA FOTOS HISTÓRICAS FOTOS ATUAIS AGENDE SUA VISITA CAUSOS

 

Compartilhe conosco:

casaraofazendadocentro@gmail.com