Causos

 

Você conhece histórias do Casarão ou da Fazenda do Centro?

       Você ou alguém da sua família participou da história do Casarão? 

Deixe seu comentário no rodapé desta  página. 

Obrigado pela visita!

 

 Segundo Historiadores, o Município de Castelo nasceu na Fazenda do Centro. E foram, ali, realizados muitos feitos de grande magnitude. Em 1909, para se ter idéia, Frei Manuel Simón, Pároco de Benevente, região de Alfredo Chaves vendo a necessidade de ampliar o número de Paróquias e assentar famílias de imigrantes italianos, decide comprar a Fazenda do Centro com seus 1.542 alqueires de terra e realizar ali, o que muitos consideram a primeira Reforma Agrária do Brasil, assentando em torno de 300 famílias, que adquiriram seus lotes, com prazo de cinco anos para pagar, podendo estender o prazo para mais cinco anos. Estava instalado, assim, Núcleo Colonial da Fazenda do Centro. Em 1910, a produção de café e de cereais transformou a fazenda em ativo centro comercial e social, com estabelecimento do sistema cooperativista. A Província do Centro, como foi chamada, possuía 12 Capelas onde eram celebrados todos os ritos religiosos. Trabalharam na Fazenda do Centro grandes nomes do Catolicismo: Frei Manuel Simón, Padre Máximo Tabuenca, Frei Luiz Atienza, Frei José Rada das Dores, este, Beatificado por João Paulo II, Frei José Esteban, Frei Antônio Martinez, Frei Jesus Lopez, Frei Juan Echávararri,Frei Alaôr dos Santos, Frei Fontanella e muitos outros. Outro fato marcante foi a instalação do Pré-Seminário, em 1954, para dar instrução a crianças e jovens. Então, a proteção do Casarão não é apenas um trabalho de restauro é muito mais abrangente e todos estão reconhecendo este projeto e se esforçando para nos ajudar, porque todos, de alguma forma, se reconhecem naquele trabalho. Temos adquirido peças de época, de valor extraordinário. Muitas pessoas que lá presenciaram celebrações grandiosas têm dados importantíssimos para nos relatar. E essa lembrança oral é de fundamental interesse para as instalações futuras e para o reconhecimento de nossa identidade cultural. Na inauguração do Centro Cultural vamos lançar o documentário Lembranças Camponesas, fruto de convênio com a SECULT.

texto de Maria José Vettorazzi – Presidente de Honra do IFMS.

QUERO SER VOLUNTÁRIO

 

Compartilhe conosco:

institutofms@gmail.com

Uma das  mais perfeita história da Fazenda do Centro

 

Deixe seu recado no rodapé desta página. Obrigado!

  • Antonio Elias Fardin
    #1 written by Antonio Elias Fardin 4 years ago

    Ola, sou oriundo da comunidade de Corumbá que era frequentadora assídua da Fazenda do Centro aos domingos. Estou ausente de Castelo há 39 anos mas fico orgulhoso de ver que o patrimônio deste município está preservado. Guardo boas recordações do Frei João Echávarri quando da minha primeira comunhão nesta localidade. Ele era muito carismático com as crianças e sempre muito alegre. Sua história se confunde com a Fazenda do Centro.

    Sds.

    Antonio Elias Fardin.

    Niquelândia, Estado de Goiás.

    • IFMS
      #2 written by IFMS 4 years ago

      Obrigado pela visita Antonio, boas recordações… A história tem que permanecer viva. Abraço IFMS.


  • *

    You may use these HTML tags: <a> <abbr> <acronym> <b> <blockquote> <cite> <code> <del> <em> <i> <q> <strike> <strong>

  • Comment Feed for this Post
Go to Top